Descubra por que oferecer produtos Hidropônicos atrai mais clientes e preserva a natureza

A cada ano, o meio-ambiente recebe mais atenção de toda a sociedade. Os impactos da presença do ser humano em nosso planeta tem se mostrado bastante nocivos. Para minimizar esses impactos, algumas técnicas foram desenvolvidas. Nesse artigo falaremos sobre produtos hidropônicos e seu processo de plantio.

 

No decorrer do post você saberá o que são alimentos hidropônicos, como são produzidos e quais as vantagens sobre eles. Esse é um assunto muito importante porque a busca por soluções alimentares mais saudáveis e sustentáveis só tende a crescer. É comum as pessoas confundirem esses produtos com os alimentos orgânicos, mais a frente também falaremos sobre as diferenças, confira.

O que são alimentos hidropônicos?

A hidroponia, a prática de produção de alimentos hidropônicos, tem como principal diferenciação do método tradicional de plantação o não uso de terra. Sim, é possível plantar sem utilizar o solo! Alguns alimentos que comumente são desenvolvidos a partir dessa técnica são:

 

  • Alfaces do tipo Roxa, Mimosa, Lisa, do Cordeiro, Americana;
  • Couve Manteiga;
  • Escarola/Chicória;
  • Almeirão;
  • Salsinha;
  • Mostarda;
  • Manjericão;
  • Hortelã;
  • Coentro;
  • Cebolinha;
  • Brócolis;
  • Feijão-vagem;
  • Repolho;
  • Melão;
  • Pepino;
  • Berinjela;
  • Pimentão;
  • Arroz;
  • Tomate;
  • Morango;
  • Rúcula;
  • Agrião dos tipos Seco e d’Água;
  • Mudas de árvores e
  • Plantas ornamentais.

Como funciona a hidroponia?

A palavra hidropônica tem em sua raiz a palavra hidro, que significa água. Vegetais, legumes, frutas e verduras são os alimentos que podem ser desenvolvidos a partir dessa técnica em estufas e a 80 cm de altura do solo. Como dito anteriormente, o cultivo hidropônico é realizado dentro de estufas, o que reduz o contato com insetos e outras pragas e garante produtos com uma beleza fora do normal. Você pode estar se perguntando: E os nutrientes que a planta retiraria do solo para seu crescimento? Eles são dissolvidos na água.

Quais são as vantagens no plantio de alimentos hidropônicos?

Algumas vantagens da plantação hidropônica para o produtor são:

 

  • Ambiente controlado em relação ao clima, parasitas e a insetos;
  • Os alimentos crescem de forma mais rápida;
  • Utilização menor de defensivos químicos em relação a plantação tradicional;
  • Não são necessários grandes espaços para o cultivo, podendo ser cultivado próximo a centros urbanos, o que barateia os custos de frete;
  • Não há necessidade de uso de equipamentos de lida com a terra;
  • Não é necessária a prática de rotação de culturas, afinal de contas não há solo;
  • Como os produtos não têm contato com a terra, são colhidos mais limpos.

 

Todas as vantagens acima retratadas são estendidas também aos consumidores, que recebem um produto de maior qualidade.


 

Quais são as diferenças entre produção orgânicos, com agrotóxico e hidropônica?

 

  • O produto orgânico é aquele desenvolvido sem o uso de agrotóxico, o que acaba encarecendo sua produção porque há perda de parte da produção.

 

  • As culturas que recebem agrotóxicos recebem doses químicas para o controle de pragas, o que acarreta o acúmulo de resíduos tóxicos no solo, podendo penetrar nos lençóis freáticos.

 

  • Os hidropônicos recebem a nutrição de base química, mas não há acúmulo de resíduos tóxicos. Sendo assim, a melhor opção para o desenvolvimento de culturas.

O que você achou de nosso artigo? Você agora já sabe bastante sobre os benefícios da produção de alimentos hidropônicos. Confira mais conteúdos interessantes em nosso blog e redes sociais.

 

Postado em Blog e marcado .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Chácara Strapasson

0